Uma cadeira para o Manuel...

19.2.13
Há já algum tempo que tínhamos reparado o gosto que o M. tinha em trepar para as cadeiras dos grandes. Quando conseguia sentava-se com um sorriso vitorioso como quem diz: eu também cá estou! Por altura do Natal como o primo F. tinha uma assim pequenina na qual o M. se sentava em todas as oportunidades, achámos que já estava na altura de ter uma cadeira para chamar de sua.

cadeirinha M1_final
Como estamos na Madeira pensámos logo numa cadeirinha de vimes e aproveitámos um fim de semana para ir à Camacha e levar o Manuel a fazer uma espécie de test drive a ver se gostava e qual escolhia. Depois de muito se sentar em muitas cadeiras finalmente escolheu uma que é a mais tradicional. E apesar de ser muito bonita por si só comecei logo a pensar em personalizá-la. Foi com algum receio que me meti nesta empreitada e confesso que já me imaginava a ir novamente até à Camacha para comprar uma nova mas a verdade é que correu tudo bem!

cadeirinha M_final
Os meus maiores receios eram que ficasse muita tinta e que, por outro lado, não chegasse a todos os mini espaços que se escondem no entraçado do vime (hummm...não sei se já mencionei que foi a primeira vez que pintei alguma coisa. mesmo.). Mas segui as instruções à risca e o resultado desta tinta de spray foi uma óptima surpresa. O segredo está em ter paciência e ir preenchendo e pintado por várias camadas. Pintar, deixar secar, pintar, deixar secar....

cadeirinha M 2_final
Como queria uma cor divertida mas que não fosse muito pesada (e que desse para disfarçar possíveis imperfeições da pintura) escolhi o amarelo e logo que dei a primeira camada comecei a ficar confiante! A cor começou logo a brilhar e acho que resultou muito bem na cadeira.
cadeirinha M 3-final
Para finalizar (não está na imagem porque decidi no fim) apliquei um spray de brilho que uniformizou todo o trabalho e penso que fez diferença. O brilho não é exagerado mas dá um acabamento acetinado. O ideal é fazer isto num espaço amplo e arejado mas mais por causa do risco de sujar o que está à volta porque a tinta praticamente não tem odor e seca rapidíssimo. Um dia destes voltamos lá para comprar uma mesa!

6 comments:

  1. Ficou linda!!!
    Em tempos também pintei o suporte em vime da alcofa que tinha sido meu e do meu irmão e o resultado tb me agradou mto.
    Beijos pros 3

    ReplyDelete
  2. Obrigada Joana! E foi tão simples de fazer que fiquei cheia de vontade de fazer uma mesa!
    E é tão giro usarmos as nossas coisas para os nossos filhos!
    Beijinhos para todos!

    ReplyDelete
  3. que boa idéia, patrícia! :)
    bjo, lu.

    ReplyDelete
  4. Eles nesta idade adoram as coisas pequeninas à medida não é Lu? E é giro fazer coisas só para eles. Gostamos nós e gostam eles!

    ReplyDelete
  5. Catarina BarretoMay 15, 2013 at 8:24 AM

    Olá Patricia! Gostava de experimentar essas tintas num cesto que tenho aqui em casa que precisa de uma nova cara. Podes dizer-me onde é que as encontraste? Um beijinho e obrigada. Já agora muitos parabéns pelo teu blog do qual sou uma seguidora assídua

    ReplyDelete
  6. Olá Catarina, obrigada, que bom!
    Comprei as tintas no AKI. Há várias marcas mas gostei muito desta porque é muito fácil de aplicar e tem cores bonitas (e na etiqueta refere mesmo que uma das aplicações é o vime). Não te esqueças de comprar a base, a tinta e se tiveres paciência passa ainda o finalizador. Fica perfeito, seca rápido e tem um resultado duradouro. beijinhos!

    ReplyDelete

Obrigada pelo seu comentário!

AddThis