Na ponta da ilha...

18.8.17

Temos tentado aproveitar estes fins de semana de Verão ao máximo antes de todos os desafios que se adivinham neste Outono. Com os rapazes um bocadinho mais crescidos e com a Isabel como boa companheira de aventuras que é, temos aproveitado para desfrutar deste mar da Madeira ao sabor de inúmeros mergulhos.  
Num destes dias depois de uma tarde de mergulhos resolvemos levá-los a explorar um bocadinho da Ponta de São Lourenço. Ando cheia de vontade de fazer uma pequena Levada (para quem não sabe, passeios lindos na ilha da Madeira) com eles mas como ainda não ganhámos coragem para isso contentámo-nos em explorar um bocadinho deste percurso maravilhoso.

Depois de andarmos um bocadinho os miúdos entretiveram-se a fazer construções com as pedras (ficou prometido voltar para vermos se ainda lá está a construção deles) e nós tirámos uns momentos para desfrutar desta vista maravilhosa e apreciar estes tons que o mar ganha. 
Já perdi a conta à quantidade de vezes que o Manuel nos tem pedido para acampar e em que nos fazemos sempre desentendidos e por isso acho que um passeio por uma levada seguido de um piquenique é capaz de ser um bom compromisso para início de conversa. A ver se ganhamos embalo para isso. 

Nós os cinco, à descoberta...

Oh Verão...

1.8.17

 Não há como negar. A melhor altura do ano para os miúdos é o Verão. E que sorte tivemos este ano com as nossas férias. Ainda que tenham tido que ser condensadas numa semana, a verdade é que nos soube a uma espécie de paraíso depois de um ano intenso. 
Coincidimos no Porto Santo com primos e amigos e os miúdos (7 miúdos e 3 bebés!!) andaram numa liberdade que só me lembrava o "Verão Azul". Todos em apartamentos seguidos, os miúdos andavam numa euforia de casa em casa, a jogar à bola no jardim, a ir a mergulhos e a voltar a casa. Uma das (muitas) coisas boas de estarmos todos juntos é ter sempre um adulto para "deitar o olho" o que deu a toda esta semana um toque especial de férias. 

Nesta semana a Isabel aprimorou a arte de se sentar, o Joaquim perdeu o medo do mar e apurou as suas qualidades de mergulhador em poses na piscina e o Manuel que já nada sozinho, tornou-se num fura ondas por excelência. Não sei bem como é possível crescerem tanto numa só semana mas a verdade é que foi isso que aconteceu. 

A semana acabou e entretanto já voltámos a toda a nossa normalidade. O pai já foi para a sua semana de trabalho e nós voltámos à correria dos dias para preparar todos os desafios que se adivinham. Mas esta semana vai ficar na memória acho que para sempre.

AddThis