50.52

12.12.14
50.52_M 50.52J
Esta semana voou. E logo esta semana que precisávamos que passasse devagarinho e que nos desse tempo para fazer muita coisa. Claro, logo esta semana tinha que voar.
Estamos a tentar compôr um almoço para amanhã para os amigos do avô e eu posso jurar que precisávamos de mais um bocadinho de tempo. Um ou dois meses. Ou seis.
O Manuel está entusiasmadíssimo com a ideia, o Joaquim fica entusiasmado de ver o irmão assim.
O Manuel está na fase em que tudo é não. Não quer esta camisola, nem aquela. Não quer pôr o casaco mas também não o quer tirar. Não quer estas calças. Nem as outras. Não quer sentar, não quer levantar. Não quer ir nem ficar. Quer qualquer coisa que nem ele sabe ao certo o que é.
No Joaquim continuo à procura daquele botão que de certeza que tem, onde se dá corda e que ele passa a noite e virar  (e a dar corda mesmo a dormir) porque uma vez acordado....uma vez acordado, há muita vida para viver como diz o pai, e ele não quer ser apanhado distraído.

6 comments:

  1. o manuel e a alice fariam um bom para, ela está precisamente na mesma fase! :)
    tudo de bom para o almoço de amanhã!

    ReplyDelete
  2. o miguel esteves cardoso escreveu o "o amor é fodido"...
    e ser mãe não é lá muito diferente. :)
    (até porque os amamos muito...)

    ReplyDelete
  3. Se eu mandasse no mundo o dia tinha que ter 28h - 10h para dormir e 18h para fazer coisas, aposto que iria ser muito mais rentável.

    Ana, apolicromia.com

    ReplyDelete

Obrigada pelo seu comentário!

AddThis