Do velho...

17.5.17

Já vos tinha falado no post anterior que andava com vontade de recuperar uma velha mesa perdida no quarto de banho dos miúdos. Quando olho para ela nesta imagem nem consigo acreditar que deixei passar tanto tempo. O meu pai diz (meio a brincar meio a sério) que na altura devia ter muita tinta preta e que por isso se encontram pelas casas uma série de peças desta cor. 

Sempre gostei do formato simples desta pequena mesa de cabeceira/mesa de apoio/pequena estante e quando resolvi deitar mãos à obra segui o mesmo princípio de poupança do meu pai e usei o resto da tinta que tinha usado na mesa anterior. Mas achei que precisava de um toque de cor e o azul nas nossas casas em frente ao mar é sempre uma boa opção e por isso não é de estranhar que tenha sido a minha primeira opção. 

Depois, para me dar um bocadinho mais de trabalho, resolvi forrar uma parte interior com papel parede marmoreado. E assim se chegou a esta pequena mesa que me encheu as medidas.


Os passos são muito simples e acho que na verdade o que é preciso é vontade. E algum material claro, mas nada de complicado.
Comecei por lixar bem a mesa para retirar a tinta anterior para que a nova pudesse aderir bem. Depois, limpei bem a mesa com um pano húmido para tirar todo o pó. 
Usei duas cores de tinta: a beige para o exterior e a azul céu para o interior. Dei duas camadas e no lado de fora ainda dei mais usa deixando sempre seca bem entre camadas.
No final usei uns restos de papel de parede que trouxe da Moon House  e que colei usando cola branca diluída com um pouco de água (espalhando-a bem com um pincel na superfície, esperando uns minutos e aplicando depois o papel).


E assim ganhei uma nova mesa de apoio pela qual me apaixonei.
No total não gastei mais de 20€ com esta remodelação entre tintas, lixas, pincel e papel. Esta parte sabe-me muito bem, claro. E o que me sabe ainda melhor é olhar para esta mesa e saber que tem uma história que agora se reinventa.
Espero que gostem!

2 comments:

  1. Nem sei qual gosto mais. Esta ficou fantástica. Gosto particularmente do interior.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada Anita!
      Também gosto muito das duas. E deste azul do interior.

      Delete

Obrigada pelo seu comentário!

AddThis